Como organizar o fluxo de caixa?

Em qualquer tipo de empresa e até mesmo em pequenos negócios, o “fluxo de caixa” refere-se a toda movimentação de dinheiro na empresa, independente de onde os valores estiverem –  na gaveta do caixa, no caixa financeiro, em cofre, bancos ou aplicações. Também entram nesse conceito todos os valores a serem pagos para funcionários, contas administrativas ou fornecedores em geral. 

O responsável financeiro deve definir um período específico – normalmente, um mês de visibilidade – e organizar todos os valores que tem a receber e a pagar durante esse intervalo de tempo. Assim, você terá em cada dia um saldo de caixa na sua empresa e poderá se organizar para que todas as contas sejam pagas em dia, sem negativar. 

Entretanto, quando perguntamos se um gestor ou empreendedor faz a organização das finanças da empresa dentro do fluxo de caixa, nem sempre a resposta é positiva. Alguns recebimentos podem atrasar e a empresa deixar de receber determinado valor, atrasando contas e adquirindo multas que podem vir a acumular, agravando ainda mais a situação. 

Dentro desse cenário, é difícil que os gestores consigam negociar prazos ou dias específicos para pagamentos com seus fornecedores, fazendo com que algumas formas de recebimento mais imediatas – porém pouco benéficas a longo prazo – tornem-se atrativas. 

Existem, por exemplo, adquirentes que oferecem máquinas de cartão e transferem uma compra feita em 12 vezes no dia seguinte, com uma taxa de mais de 40% em cima do valor, e a única “vantagem” é receber antecipadamente o valor da venda. 

O resultado da falta de controle do fluxo de caixa (pagamentos e recebimentos) somado às necessidade de vender e receber antecipadamente, mais as taxas absurdas vendidas como vantagem e a necessidade de pagar as contas atrasadas já acrescidas de juros, é o lucro zero do empreendedor.

Pode parecer exagero, mas o cenário foi inspirado na realidade de muitos gestores e empreendedores que conheci ao longo da minha carreira. Alguns ficaram pelo caminho e outros foram auxiliados com o sistema ERP para organizar o fluxo de caixa, transformando-se em empresas financeiramente saudáveis e prósperas.

Compartilhe com um amigo
#LoucosPorERP

Artigos relacionados

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos

Ao deixar os seus dados e clicar em quero receber, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização de minhas informações do Proxy!

Siga nas Redes Sociais

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos

Ao deixar os seus dados e clicar em quero receber, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização de minhas informações do Proxy!

#Receba gratuitamente conteúdos exclusivos

Ao deixar os seus dados e clicar em quero receber, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização de minhas informações do Proxy!